NOTÍCIAS

ITARARÉ e suas mudanças.

Data: 11/12/2017

Aqui já tivemos um grande ciclo onde o nosso aeroporto tinha linhas regulares de Itararé ao RS, Itararé ao Rio de Janeiro e outras linhas, pela Cruzeiro do Sul. Hoje só temos notícias das melhorias que perdemos, até quando teremos sempre esse fenômeno? Há a necessidade de a sociedade começar a entender da grandeza de nossa cidade e seu futuro. A diretoria da Associação Comercial e Industrial de Itararé vem a público expor nossa opinião à respeito do projeto do aumento de imposto como a seguir aumento do ITBI de 2% para 4%, aumento de ISSQN de 2,5% para 4% ou 3,5% para 5%. Isso trará para o município um aumento de mais ou menos 1,5% na arrecadação mais ou menos. Parte dos Itarareenses, estão demonstrando insatisfação com o projeto e a ACEI justifica o porquê de ser à favor do aprovação.

A prefeitura municipal é um dos maiores empregadores na cidade, mas hoje o limite prudencial está quase sendo atingido. Aí eu esclareço se não conseguir aumento de receita para pagar as obrigações, como foi aprovado em setembro haverá demissões e isso seria horrível, mas a medida apresentada seria a solução encontrada para equilibrar as finanças. A prefeitura assumiu um parcelamento de INSS em duzentos mil reais por mês por dezessete anos, sendo público e notório que se houveram erros passados e a P.M.I. ficou sem C.D.N., hoje após esse ajuste de parcelamento, Itararé volta a receber verbas.

Entendemos que para doença ruim o remédio é amargo, e reunidos na ACEI nesta data, a diretoria vêm a público lembrar que já foi aprovada em setembro e se a sociedade e imprensa nada fizeram para contestar hoje é lei. Em 18 anos pagamos a conta, ou seja, a sociedade estará participando do nosso desempenho futuro e como sempre pagando a conta. O nosso futuro e desenvolvimento só será possível se bem administrado e para isso acontecer foi necessária a C.D.N. nas mãos. O prefeito fez isso e tem o apoio da entidade.

Solicitamos ao prefeito que sempre discuta com a entidade os impactos positivos e negativos dos projetos a serem enviados para a câmara, pois estaremos sempre prontos para a discussão ampla dos efeitos positivos e negativos dos mesmos à sociedade, mas após aprovados pela câmara não há como entrar em discussão e dar conhecimento a sociedade. Solicitamos também que os órgãos de imprensa de Itararé se unam em estudos profundos em prol de uma Itararé melhor, e que juntos façamos estudos a longo prazo que mudem a nossa história e nosso futuro, reunindo ideias e realizações para que nossa cidade venha a ter um futuro promissor.

Que em 2018, Itararé passe a ter um ciclo diferente de realizações e grandes mudanças produtivas.

Um feliz natal e próspero ano novo à todos!

São os votos do Presidente, Diretoria e colaboradores da Associação Comercial e Industrial de Itararé.

 

tags: Itarare, Imposto, ITBI, ISSQN


<< Voltar


PARCEIROS